entreamigas

Entre amigas com Dora Bomilcar

O programa Entre Amigas é dedicado à mulher preocupada com sua vida familiar, seus afazeres e seu relacionamento com Deus. Produção e Apresentação: Dora Bomilcar. Todas as Segundas-feiras às 15:00h com repetição mais »

IBGVIDA – AGENDA

+

Como dar graças em todas as circunstâncias e no momento da tempestade ou deserto?

Como agradecer o que Deus fez e faz por nós quando estamos num período de deserto ou de tempestade?
William Lane faz uma reflexão sobre o assunto e a partir de suas reflexões, podemos dizer que quando estamos vivendo um período de deserto ou tempestade, pedimos oração, fazemos súplicas a Deus, pois sabemos que não será um período fácil. Se Deus atende a nossa oração, vem o tempo de gratidão e de testemunho.
Pouco falamos a respeito da adoração, da gratidão ou ação de graças, do lamento, da confissão e da entrega ou renúncia. Mesmo quando falamos de Ação de Graças, ela é entendida como gratidão por uma bênção recebida, por uma vitória ou algo conquistado. Isto é, ação de graças é vista como posterior a um fato ou resposta de Deus e enquanto não obtemos essa resposta, não temos o porquê agradecer.
No entanto, Ação de graças é mais que um simples “obrigado”. Paulo fala aos Tessalonicenses, regozijem-se sempre, orem sem cessar e em tudo dai graças. (1Ts 5.16-18). A expressão em tudo deve ser entendida que em todas as circunstâncias, dificuldades ou não, devemos ter um coração grato, mas sabemos que é bem mais fácil ter um coração cheio de gratidão, num período de abundância. No livro: “Oração, o refúgio da alma”, Richard Foster escreve sobre oração, meditação, formação espiritual e sobre os vários tipos de oração e, num primeiro momento, não encontramos um capítulo específico sobre a oração de ação de graças ou de gratidão. Isso, em função do capítulo abordar antes de tudo, sobre Adoração. Sobre Adoração, ele diz que embora seja comum distinguir a Ação de Graças do Louvor – o primeiro diz respeito ao que Deus faz e o segundo ao que Ele é na verdade, a Ação de Graças e o Louvor são dois lados da adoração e a adoração é um anseio espontâneo do coração por adorar, magnificar e bendizer a Deus, independente das circunstâncias.
Se entendermos dessa maneira, a Ação de Graças não é um simples “obrigado”, não se resume a reconhecer que Deus atendeu a um pedido e súplica por merecimento. Ação de graças é muito mais do que isso. Paulo exorta aos cristãos a darem graças em todas as situações, pois mais do que uma forma de oração ou um testemunho por uma oração respondida, a Ação de Graças é um modo de oração incessante, ou seja, uma atitude de vida, uma disposição de constante gratidão e a exaltação diante de todas as circunstâncias da vida. Entretanto, como dar graças quando tudo vai mal? Também, não seria uma forma de negação, de apatia e de ilusão, agradecer a Deus em meio ao sofrimento e a dor?
Ainda que a Bíblia, nos Salmos, nos ensina que a oração de súplica ou lamento, oração em que o indivíduo abre seu coração e derrama diante de Deus sua dor e sua queixa, segundo Foster, a adoração é o ar que toda oração respira, o oceano em que toda oração navega e toda forma de oração não deixa de exprimir a adoração a Deus. Ela nos faz desviar nossos pensamentos de nós mesmos e nossos problemas para Deus, Aquele que nos sustenta e nos fortalece. Além do mais, a Ação de Graças é uma forma de o indivíduo se submeter à vontade de Deus.
Dar graça em tudo portanto, implica em reconhecermos que nossa vida está nas mãos do Deus Pai, que vivemos sob o senhorio de Cristo e somos sustentados pelo Espírito Santo, mesmo em meio às lutas podemos dar graças, não como meio de negar o sofrimento e a dor, mas como submissão a Deus e como forma de alcançarmos seu gracioso consolo e força, apesar das aflições, do deserto e das tempestades em nossas vidas.

+

Eventos

Brechó e Bazar Missionário 01/12
Traga já doações para o nosso Brechó Bazar:
móveis, utensílios, roupas (crianças e adultos), sapatos, objetos de decoração, etc, tudo em bom estado. Entrega de segunda a sexta-feira das 13 às 17h. Domingo após o culto.
Inscrições para estandes com a Kátia.

 

+

Culto 04/11/2018

+