O Livro de Apocalipse

 

A Bíblia foi escrita por cerca de 40 autores diferentes num período de aproximadamente 1500 anos, os autores não se conheciam, na grande maioria deles, porém há uma concordância geral e um caminho desde a criação até o final dos tempos.
A Bíblia é um livro inspirado por Deus, ela expressa a revelação especial de Deus a respeito de seu plano para a salvação de seu povo, a sua Igreja, a sua noiva.

A Bíblia não foi escrita para nós como público alvo, foi escrita para outras culturas com problemas diversos aos nossos. Para uma interpretação adequada da Bíblia, é necessário que saibamos para quem foi escrita, o contexto histórico e cultural na época para depois trazermos para nosso tempo e, assim, aplicarmos para a nossa vida.

O livro de Apocalipse foi escrito para as igrejas do final dos tempos. Final dos tempos é o período entre a primeira e a segunda vinda de Jesus Cristo. Foi escrito pelo Apóstolo João para sete igrejas que representam a totalidade das igrejas existente nesse período. O livro descreve esse período do final dos tempos com especial ênfase na Igreja, na perseguição que houve e sempre haverá.

Não há uma sequência cronológica no livro, mas sim a cena dos aspectos do final dos tempos vista de vários ângulos chegando ao final de tudo com a volta de Jesus Cristo. A grande ênfase do livro é o senhorio de Deus na história e Jesus Cristo como o grande gestor desse tempo.

Os personagens desse drama são: Jesus Cristo como Senhor absoluto; a igreja como povo de Deus, apesar de sofredora será vencedora; Satanás como grande oponente; o mundo, a Babilônia, a meretriz com sua cultura perversa. É um grande conflito, mas com a vitória certa de Jesus, o Deus Filho e da Igreja que será finalmente
glorificada.

Vamos retomar hoje o estudo desse drama.